Financiamento Coletivo – Crowdfunding Brasil

Financiamento Coletivo – Crowdfunding Brasil

crowdfunding brasilCrowdfunding (ou financiamento coletivo) é uma forma de captar recursos para um projeto com base em doações. A internet facilitou muito a abertura de projetos crowdfunding. Hoje, o maior e melhor site de financiamentos coletivos é o Kickante, por oferecer as melhores condições, as menores taxas e por ser a plataforma mais conhecida. É muito importante que você lance seu projeto em uma plataforma conhecida, que tenha milhares de pessoas que acessem todos os dias buscando projetos para financiar.

financiamento coletivo brasil

Muitas pessoas pensam que financiamento coletivo é diferente de “vaquinha online”, mas na realidade eles são a mesma coisa. Antigamente, existia essa distinção porque a criação de um projeto de crowdfunding era bastante complexa. Não era qualquer pessoa que podia iniciar uma campanha de arrecadação; era preciso provar que seu projeto é viável e que pode fazer sucesso. A apresentação do plano de negócios do projeto precisava convencer os patrocinadores, bancos, filantropos, distribuidores e investidores anjo. Já a famosa “vaquinha” era realizada quando o projeto era simples e prático, necessitando de poucos recursos.

Felizmente, hoje tudo ficou mais fácil. É possível lançar um crowdfunding no Brasil sem burocracia e sem ter que passar por todas essas etapas de aprovação. Plataformas de crowdfunding como a Kickante permitem que você foque sua atenção em convencer o público alvo. Afinal, faz todo o sentido que você possa trabalhar com foco total na captação de recursos, apresentando sua proposta para quem realmente interessa. Obs: o termo crowdsourcing também pode ser usado como sinônimo de crowdfunding.

Se você for procurar a definição de financiamento coletivo no Wikipédia, vai ver que a captação de recursos funciona da seguinte forma: você estabelece uma meta de arrecadação e um prazo. Se, até aquele prazo, você atingiu ou superou a meta, você recebe o dinheiro para lançar o projeto. Caso não tenha conseguido a quantidade total de recursos estipulada na meta, o dinheiro volta para seus doadores. Mas os sites de crowdfunding brasileiros e internacionais são inteligentes e possuem outras opções para você não perder o dinheiro que foi doado caso não consiga arrecadar tudo. Confira abaixo:

Como funciona o financiamento coletivo online?

Na Kickante, é possível optar por diversas formas de arrecadação. Nem todos os sites do Brasil possuem modalidades alternativas como essas que mostraremos aqui.

Campanha Tudo ou Nada

Nessa modalidade, você só recebe o dinheiro arrecadado se atingir ou superar a meta estabelecida. Essa é a modalidade de financiamento coletivo mais comum no Brasil. O prazo máximo para arrecadação costuma ser de 60 dias e você não paga nada para criar ou iniciar a campanha. Se você conseguir atingir a meta estabelecida, a Kickante cobra uma taxa de 12% do valor arrecadado. Essa é a menor taxa do mercado! Se não atingir a meta, o dinheiro é inteiramente devolvido aos doadores.

Esse tipo de campanha é ideal para projetos que necessitam de um valor mínimo para poder iniciar as atividades, impossibilitando o começo da ação com menos dinheiro do que aquele estipulado na meta. Por exemplo: escritores que precisam imprimir uma quantidade mínima de livros na editora, ONGs com valor mínimo para gastos em uma missão, músicos que precisam de um valor específico para gravar seu CD ou DVD na produtora, etc. Qualquer campanha que exija um valor mínimo com custos inflexíveis se enquadra nessa categoria.

Campanha Flexível

Na modalidade de campanha flexível, qualquer doação poderá ser resgatada em seu projeto de crowdfunding. A Kickante é uma das únicas plataformas de financiamento coletivo no Brasil a oferecer esse tipo de campanha. O prazo máximo para arrecadação também é de 60 dias, da mesma forma que na campanha tudo ou nada. Você também não precisa pagar nada para lançar sua campanha. A única diferença está na taxa cobrada após o término da campanha:

  • Se você conseguir atingir ou superar a meta de arrecadação, a taxa cobrada será de 12% do valor arrecadado.
  • Se você não atingir a meta de arrecadação, a taxa administrativa cobrada será de 17,5%.

 Esse tipo de campanha é ideal para quem não depende de um valor mínimo para iniciar suas atividades, ou então para quem já conseguiu esse valor mínimo e precisa de um “impulso” para expandir sua atuação. Por exemplo, escritores que já têm o valor mínimo para lançar sua obra podem querer levantar um financiamento coletivo para fazer divulgação ou fomentar mais suas vendas. Organizações Não Governamentais (ONGs) que não dependem de um valor mínimo para atuar também costumam adotar esse tipo de modalidade de crowdfunding.

Qual a melhor campanha para seu projeto?

plataforma onlineTalvez você esteja pensando que a campanha flexível sempre será melhor do que a campanha tudo ou nada, afinal a taxa é a mesma se você atingir a meta e, caso não atinja, ainda assim você terá conseguido algum dinheiro. Mas existe um fator muito importante a se considerar antes de escolher a campanha, mesmo que seu projeto não dependa de um valor mínimo para começar: a propensão do público em colaborar! Lembre-se que a campanha tudo ou nada devolve o valor investido para o colaborador se a meta não foi atingida, isso confere mais segurança para o doador. A pessoa que está contribuindo pode pensar: “caso esse projeto não dê certo, meu dinheiro volta e eu posso investir em outro projeto para ajudar outra pessoa ou associação”. Esse fator psicológico pode fazer com que os doadores sejam mais propensos a colaborar com campanhas tudo ou nada do que com campanhas flexíveis. A emoção de conseguir atingir a meta em uma campanha tudo ou nada é muito maior, isso também conta para os contribuidores, pois eles podem ficar mais motivados ao verem um projeto tudo ou nada se aproximando da meta. Imagine que você é um financiador que abriu a plataforma e viu um projeto tudo ou nada com 90% da meta atingida e 2 dias restantes de prazo para arrecadação. Provavelmente você ficaria inclinado a contribuir para ajudar a bater a meta, afinal já está quase lá e a campanha é tudo ou nada. Mas se a campanha fosse flexível, talvez você pensasse: “que bom que esse projeto está quase batendo a meta; se qualquer valor é útil para o projeto operar, 90% da meta está excelente, não precisa de mais contribuição”.

Como divulgar seu projeto

projetoO ideal é que você já tenha uma estratégia de divulgação antes de lançar sua campanha de financiamento coletivo. Pedir a ajuda de amigos influentes, divulgar nas redes sociais, sites, blogs e qualquer plataforma de divulgação é bastante útil para conquistar mais colaboradores.

Existe uma forma de divulgação chamada “empurrão kickante”, que nada mais é do que uma divulgação maior da sua campanha dentro do site. Esse empurrão é dado se um projeto está tendo bastante interação, comentários, doações, etc. Uma estratégia, portanto, pode ser você lançar a campanha e realizar uma divulgação paga logo de início, como anunciar no Facebook, no Google Adwords, ou ainda em meios tradicionais como rádio, televisão, outdoors, etc., pois assim sua campanha teria bastante interação logo de início e o site da Kickante poderia dar o empurrão para mostrar a um público ainda maior seu projeto.

Compare abaixo todos os sites de financiamento coletivo online que aceitam brasileiros:

Kickante: aceita campanha tudo ou nada e campanha flexível. Sem taxa de criação e lançamento da campanha. 12% de taxa para metas atingidas e 17,5% de taxa para metas não atingidas na modalidade flexível.

Indiegogo: aceita campanha tudo ou nada e campanha flexível. Cobra taxa de $25,00 (25 dólares) para lançamento de campanha. Taxa de 3% de cobrança dos meios de pagamento + 4% sobre o total arrecadado de projetos que atingiram a meta, ou 9% sobre projetos que não atingiram na modalidade flexível. Ainda possui taxas de câmbio e impostos para trazer o dinheiro para o Brasil.

Vakinha: apenas campanha tudo ou nada. A taxa é cobrada diretamente do contribuidor, independente de atingir ou não a meta. Essa taxa varia de 3% a 6,4% + R$ 0,40 por contribuição. Funciona como uma vaquinha online.

Catarse: campanha flexível e tudo ou nada. Taxa de 13% para projetos que atingiram a meta ou que atingiram parcialmente na modalidade flexível. É o segundo maior site de crowdfunding do Brasil (depois do Kickante), mas o processo de validação de campanha costuma ser mais demorado e pode ser rejeitado.

Juntos.com.vc: apenas campanha tudo ou nada. A taxa é cobrada diretamente do contribuidor. Varia de 2,49% a 4,29% + R$0,39 sobre o valor de cada contribuição.